segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Globos de Ouro 2010

Com uma excelente prestação de Ricky Gervais, a emissão deste ano dos Globos de Ouro incluiu algumas surpresas. Duas das obras favoritas perderam a noite (The Hurt Locker não recebeu prémio algum e Up in the Air teve de ficar contente com o de Melhor Argumento) e o mega-êxito de bilheteira Avatar (que, nas bilheteiras, é uma questão de dias até superar os resultados de Titanic, o filme anterior de James Cameron) foi o grande vencedor da noite, ganhando os prémios de Melhor Realizador para Cameron e Melhor Filme na categoria de drama. Assim começa o caminho de Avatar em direcção aos Óscars.
Na categoria de comédia/musical, The Hangover ganhou à competição (onde estava o mal recebido Nine, de Rob Marshall) sendo uma das surpresas da noite, Meryl Streep ganhou o prémio de Melhor Actriz por Julie & Julia e, no drama, Sandra Bullock ganhou por The Blind Side, o novo êxito estrondoso da actriz, que está no maior momento da sua carreira. Jeff Bridges ganhou ao favorito George Clooney pela sua prestação em Crazy Heart e, em comédia, o actor premiado foi Robert Downey Jr. por Sherlock Holmes.
Up foi o esperado vencedor de Melhor Filme de Animação e Christoph Watlz ganhou o prémio de Melhor Actyor Secundário (drama) por Inglourious Basterds (o Óscar é quase uma certeza).

Aqui podem ver a lista completa dos premiados, em televisão e cinema.

2 comentários:

O Projeccionista disse...

Está tudo a fazer-se para «Avatar» conquistar os Óscares que lhe aparecerem pela frente. E uma vez mais grandes nomes ficaram por ser reconhecidos, nomeadamente Tarantino que assinou um brilhante «Sacanas Sem Lei» e apenas levou para casa o prémio de melhor secundário. Justíssimo, diga-se de passagem.

Cumprimentos.

The movie_man disse...

Sinceramente, gostei bastante de Avatar mas outras obras deveriam ser reconhecidas. Pensava que o prémio seria disputado entre The Hurt Locker e Up in the Air. Está a repetir-se os eventos que aconteceram 12 anos atrás, quando Titanic devastou bilheteiras e prémios. No entanto, por mais que tenha gostado de Avatar, gostava de ver obras mais 'pequenas' a serem premiadas. Pode ser que tenhamos surpresas nos Óscares.

Cumprimentos.