domingo, 12 de junho de 2011

Box Office americano - 10 a 12 de Junho 2011

Esta semana J.J. Abrams estreou a sua nova longa-metragem e o resultado foi uma estreia acima das expectativas. Super 8 é o primeiro filme não-sequela, não-reboot a estrear em 1º lugar nos últimos três meses (o último tinha sido Limitless). Super 8, produzido por Steven Spielberg estreou com perto de 38 milhões. O filme de F.C., inspirado pelos filmes do género que Spielberg realizou no início da sua carreira, superou as expectativas e teve uma estreia quase igual a District 9, outro projecto original sem caras conhecidas. O filme tem sido bem recebido pela crítica e pelo público e espera-se uma boa vida no box-office, havendo a hipótese de conseguir passar e bem a barreira dos 100 milhões. O filme teve um orçamento de 50 milhões.
Em 2º lugar, descendo 54%, está X-Men: First Class. A descida é a segunda mais pequena para um segundo fim-de-semana dentro da saga X-Men e é uma descida modesta, tendo em conta o género. O filme já arrecadou perto de 99 milhões e poderá acabar entre os 140, 160 milhões, uma quantia boa para um filme sem grandes estrelas e que tem pretensões comerciais iguais às do primeiro filme. O passa-palavra entre os fãs tem sido bastante positivo e as descidas das próximas semanas deverão ser bastante modestas.
Em 3º lugar temos The Hangover - Part II, que desceu 41% e acumulou 216 milhões. A sequela de Todd Phillips é agora o filme mais rentável de 2011 nos Estados Unidos e deverá acabar na barreira dos 250 milhões.
Em 4º lugar está Kung Fu Panda 2, mais uma sequela. A descida foi de 30%, acumulando 126 milhões em três semanas. Apesar da quantia, o filme encontra-se bastante atrás do primeiro filme. E esperava-se mais.
Em 5º lugar, temos mais uma sequela: Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides. O filme também passou a barreira dos 200 milhões neste fim-de-semana e ultrapassou a quantia de Fast Five (205 milhões), acumulando 208 milhões. A sua descida foi a mais pequena até agora, de 39%.
No resto do top 10, Bridesmaids continua a ter descidas bastante pequenas (15%) e já acumulou 123 milhões, Judy Moody and the NOT Bummer Summer estreou em 7º com uns péssimos 6 milhões, Midnight in Paris aumentou o número de salas em exibição e a sua percentagem subiu 121%, já acumulando 14 milhões em apenas 944 salas, um excelente valor tendo em conta o número de salas e a sua estreia limitada, Thor continua a ser rentável e já tem 173 milhões nos cofres e Fast Five continua também a ser uma preferência dos espectadores.
The Tree of Life  está em 11º lugar e está em exibição em 47 salas. Com uma exibição tão limitada, o filme já acumulou mais de 2 milhões, um excelente valor tendo em conta o número de salas que passam o filme.








Para mais informações acerca do box-office desta semana, podem ver aqui.

Na próxima semana, os cinemas americanos recebem nas suas salas Green Lantern e Mr. Popper's Penguins. O filme de Jim Carrey poderá surpreender, devido à falta de competição e por ser um filme para a família sem ser em 3D, e será uma prova para Carrey, para mostrar se ainda tem poder nas bilheteiras. Já Green Lantern é uma jogada arriscada para a Warner Bros./Dc Comics. Os fãs deverão ser os primeiros a ver o filme mas este poderá ser um filme que poderá afastar o resto do público, devido à sua elevada dose de fantasia. No entanto, Thor também era um projecto arriscado devido a esses mesmos motivos e resultou bem.

5 comentários:

CINE31 disse...

Tenho grandes expectativas para o Super 8 :)

The movie_man disse...

Também eu. E só estreia no final de Julho... :(

CINE31 disse...

ai...vamos apanhar com tantos Spoilers! Vamos ter que ter ainda mais cuidado ao andar na Net

The movie_man disse...

Vou evitar tudo que aparecer relacionado com o filme!

CINE31 disse...

exacto! eu já não quis ver aquele video com 6 minutos do filme :) mas a tentação vai ser grande :D