domingo, 14 de novembro de 2010

Retrospectiva F.C. #8

Forbidden Planet, de Fred M. Wilcox

Baseado no livro de Irving Block, Forbidden Planet é um dos filmes (senão O filme!) que coloca a produção de F.C. em Hollywood noutro patamar. Até aqui tínhamos produções baratas, com actores desconhecidos, quase sempre a preto e branco (nem sempre, atenção!) e que resultavam nas bilheteiras devido ao orçamento baixo. Em 1956, entre outros filmes de F.C., este Forbidden Planet é o mais importante: a MGM, grande estúdio que era conhecido pelas grandes produções musicais cheias de cor, estreia-se na F.C. com esta obra. No entanto, em ve de fazer uma produção baratucha como as outras, decide gastar algum dinheiro com o filme e tratá-lo como um filme MGM: um orçamento decente, alguns actores minimamente conhecidos, filmar a cores e com grandes cenários e fazer com que este seja o primeiro filme do género filmado e apresentado em Cinemascope! O resultado é um filme de F.C. com as cores vivas de qualquer outra produção musical do estúdio, uma imagem de marca da MGM, e um grande êxito de bilheteira. Uma das personagens, Robby, o Robot, tornou-se extremamente popular, especialmente entre as crianças, o filme foi revolucionário nos seus cenários e grandiosidade visual e até mesmo o tipo de guarda-roupa das personagens seria imitado vezes sem conta em produções futuras. No entanto, as críticas actuais estavam lá presentes, algo indispensável nestes filmes.
Numa altura em que a F.C. e o Terror estavam no auge, era preciso este êxito original e revolucionário para a F.C., uma pequena lufada de ar fresco que iria dar origem a muitos produtos iguais. De notar que foi em 1956 que Roger Corman estreou o seu primeiro filme, sendo o realizador considerado o rei dos filmes série B, mesmo surgindo depois destes. Mencionamos aqui o Mestre Corman pois a sua forma barata e rápida de fazer filmes ainda deu os seus frutos na F.C., através de outros realizadores, já que Corman trabalhou mais dentro do Terror.

Amanhã, continuamos em 1956 com o clássico Invasion of the Body Snatchers, de Don Siegel.

1 comentário:

Dezito (André Sousa) disse...

É curioso que no elenco deste filme estava um senhor chamado Leslie Nielsen ainda com os seus 30 aninhos. E só na década de 80 é que se tornou conhecido..

Cumprimentos